O que é custo fixo e custo variável?

É extremamente importante saber identificar a diferença entre os dois para obter maior controle dos gastos, aumento de renda e até mesmo saber onde economizar.


Sendo assim resolvemos esclarecer algumas dúvidas para você farmacêutico, que almeja cada vez mais empreender e fazer com o que a sua farmácia evolua junto ao mercado magistral.


Custo fixo

Primeiro é fundamental que você visualize os seus gastos, sendo eles fixos ou não. A ideia é que você tenha ao menos uma noção mínima de custos gerais, sendo eles de matéria prima, pagamento de funcionários, aluguel e outros.


Observe que dentre eles, apenas alguns se repetem, os tornando fixos independente do volume de produção, ritmo ou vendas, esses com certeza são mais estáticos. Listamos alguns exemplos para facilitar o seu entendimento, custos que costumam ser fixos em uma farmácia de manipulação:


  • Aluguel

  • Limpeza

  • Planos de telefonia

  • Equipamentos

  • Softwares


Dica: Não esqueça que todos os custos possuem margem para variação, ou seja fique sempre atento aos reajustes.


Custo variável

Os custos variáveis podem ser facilmente identificados por conseguirem acompanhar o ritmo da sua empresa, sofrem alterações conforme o tempo ou períodos de compra. Por isso é interessante qualifica-los corretamente, assim fica mais difícil se perder e caso haja contratempos, não se apavore, podemos ajudar você nessa!


Tenha em mente que essa separação foi criada para justamente facilitar a administração e reduzir alguns custos independente do valor ou prazo de pagamento. Aprenda negociar por todos os seus custos e se possível tenha uma tabela com algumas cores para facilitar a visualização.


Lembre-se que alguns custos serão julgados fixos, mas podem mudar de acordo com a política da empresa, como por exemplo as horas extras. Sendo assim fique atento!


Dica: Tenha um padrão de pagamento desde o início e prossiga realizando as análises de mercado para saber o que é melhor para a sua farmácia de manipulação.


Agora que você já sabe a diferença dos custos e entendeu a sua importância, crie um planejamento financeiro completo para a sua farmácia e procure apostar em pequenos custos, assim você poderá economizar cada vez mais. Após alguns meses pare para reavaliar, e se for necessário realize modificações, mas não esqueça de seguir corretamente para obter os resultados desejados.


Última dica: Tenha sempre um objetivo ou investimento para o seu negócio, faça todos os planejamentos se baseando nele, foque muito e conte com a nossa equipe.


Bons negócios!

45 visualizações0 comentário
Infomercfundoescuro.png

(19) 4117-1777

iconfinder_whatsapp_2142581.png
  • YouTube
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Facebook